quarta-feira, 1 de agosto de 2012

E-mail Marketing - porquê e para quê...

O que é o email marketing?

Todos nós utilizamos diariamente, nas nossas actividades profissionais e pessoais, o email como forma de comunicar rapidamente com os outros e de obter respostas rápidas a determinadas situações, para as quais se torna obsoleta a utilização do correio postal escrito.

No entanto, é óbvio para qualquer um de nós que este envio, mesmo que seja feito de forma igual para diversos contactos, não se traduz no que chamamos de email marketing.

Numa definição simples, o email marketing é a utilização do email como ferramenta de marketing directo, com base em normas e procedimentos pré-definidos, analisando os resultados gerados através de relatórios e análises gráficas e gerando campanhas cada vez mais optimizadas.

O marketing directo corresponde ao marketing (ou às acções de marketing) desenvolvidas através da utilização dos meios e tecnologias de informação e comunicação que a Internet disponibiliza.

Poder-se-á dizer desta forma, que corresponde a um “sistema interactivo” de marketing, que nos permite, em última instância, alargar a nossa esfera de divulgação à escala mundial.

Mas partamos então do que não é email marketing, para entendermos melhor a definição em cima enunciada. O email marketing:

·         Não é o envio de emails em massa para bases de dados disponíveis com endereços de email;

·         Também não é o envio de publicidade por email.

Isto são apenas as acções que são executadas no âmbito da implementação de uma estratégia de email marketing… mas email marketing não é isto.

O verdadeiro conceito de email marketing está relacionado com aspectos tão importantes como a criação de relações, o aumento do conhecimento, a proximidade, a reputação, a credibilidade, a criação de imagem e a bidireccionalidade da comunicação.

Quando pretendemos promover, criar visibilidade e fazer evoluir um site, negócio online ou blog, temos de considerar o email marketing como ferramenta de utilização obrigatória para potenciar os nossos resultados. Este permite-nos aplicar uma série de técnicas que, por sua vez, alargam o nosso campo de acção e nos permitem concretizar uma série de objectivos, que de outra forma seriam muito mais difíceis de atingir.

Principais Vantagens:

. Criação de Imagem e Reputação
A criação de uma imagem distinta e de uma boa reputação online é fundamental, para que o seu site não seja “mais um” no meio de tantos outros. Só assim se conseguirá diferenciar dos seus concorrentes, criando uma imagem e reputação de referência no nicho de mercado em que actua.

. Estabelecimento de Relações Interpessoais
Criar e alimentar relações com os seus potenciais clientes e/ou clientes, é algo que o torna mais próximo deles, e que os aproxima de si. E este estabelecimento de relações com base na confiança, entreajuda, entre outros aspectos, potencia os seus negócios. Se as pessoas confiarem em si, mais facilmente seguirão uma recomendação sua, do que noutra situação qualquer.

Da mesma forma que, se confiarem em si e precisarem de um produto/serviço que a sua empresa também forneça, mais facilmente recorrem a si do que a qualquer outro fornecedor desse produto/serviço.

. Maior Proximidade
A correcta utilização do email marketing permite-lhe uma relação mais próxima e a bidireccionalidade na comunicação com os seus destinatários. Se é um facto que poderá utilizar outros recursos para conseguir este objectivo, também é verdade que esses outros recursos não proporcionam a mesma privacidade e confidencialidade.

. Maior Conhecimento – Knowledge is Power!
Como diz a máxima: “Conhecimento é poder”. Reformulando, poder-se-á ainda dizer que “Conhecimento dá-lhe poder”… para obter conhecimento dos seus destinatários, seja para saber a sua opinião sobre produtos ou serviços ou sobre qualquer outro tema, pode com muita facilidade recolher conhecimento que lhe permitirá tomar decisões mais acertadas em função das opiniões recolhidas.

Desta forma, pode direccionar as suas campanhas de email marketing, ou desenvolver produtos/serviços inclusive, no sentido da satisfação das necessidades específicas dos seus destinatários (sejam eles clientes ou potenciais clientes).

Isto porque muitas vezes as ideias que temos são preconcebidas, e não reflectem sempre o verdadeiro interesse das pessoas cuja atenção pretendemos alcançar através das nossas campanhas de email marketing.

Analisando a realidade, que é muito diferente das projecções que possamos fazer quando olhamos para bases de dados extensas com endereços de email que podemos utilizar nas nossas acções de email marketing, é importante destacar que o verdadeiro Lucro não está na extensão de contactos das nossas listas, e sim na relação de proximidade e confiança que conseguirmos gerar com cada um desses contactos!

Quanto melhor for a relação que consiga construir com os seus destinatários, tanto maior será o seu retorno. Quanto mais confiarem em si, mais facilmente aceitarão as suas sugestões e indicações. E isto não é um mito, é um facto!

Concluindo:
O email marketing não se resume apenas ao envio de emails para a sua lista de clientes ou potenciais clientes, ou inclusive subscritores das informações do seu site. Nem tão pouco a promover produtos ou serviços em troca de uma comissão. O email marketing é a utilização do email, como canal privilegiado de comunicação, em que pode fazer isto tudo e muito mais, mas em que deve ter sempre presente o seu verdadeiro poder – disponibilizar valor real para os seus destinatários e criar relações – para mais tarde poder colher mais frutos desse investimento.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.